26 agosto, 2010

TRABALHO DE RELAÇÕES

Em uma das aulas da Turma de Segundo Período de Enfermagem, na disciplina Bases para o Cuidado e História da Enfermagem, fizemos um trabalho de relação ente o cuidado e alguns videos. O objetivo era:

relacionar vídeos, áudios com representações de problemas socioculturais contemporâneos com o modo de ser cuidado e/ou modo de ser Enfermagem/cuidado.

A música foi:

Tocando em Frente - Almir Sater e Renato Teixeira. Interprete: Maria Bethania

Filme: O NOME DO CUIDADO

Direção: Leo Lama. Roteiro Paulo Rosenbaum

Objetivo: Refletir sobre a situação do cuidado hoje nos serviços de saúde cada vez mais impessoais.

As diversas formas de ver o cuidado e as possibilidades da Enfermagem moderna. O cuidado antes de nascer, durante a vida e na hora da passagem.

O filme entra no contexto da aula como subsídio para confrontar as respostas iniciais e as teorias.

O resultado foi muito interessantes. Os vídeos foram:

Vídeo 1: Bolero de Ravel.
Video: Bolero de Ravel. Música : Maurice Ravel. Coreografia: Maurice Bejart . Bailarino: Jorge Dom. Disponível http://www.dailymotion.com/video/xhutv_bolero-de-ravel_creation em: Acessado em: 18 ago. 2010.

Qual a relação entre arte (estética) e saber? O que é a arte na Enfermagem? O que é o saber (ciência) na Enfermagem? Qual o trabalho do Enfermeiro/Enfermeira? Somos mais arte ou mais ciência? Podemos trabalhar sozinhos? Qual a natureza do trabalho da Enfermagem?

Vídeo 2: A MINHA ALMA – Videoclip do Rappa. Direção Kátia Lund.

LUND Kátia. A minha alma. Vídeo Clipe. Disponível
http://www.youtube.com/watch?v=vF1Ad3hrdzY em: Acessado em: 18 ago. 2010.

Reflexão sobre como se mantém a população quieta, comportada e conformada na fila aguardando sem interferir ou cobrar seus direito.
Essa é a paz que nós queremos?
Essa paz reflete de que maneira o processo saúde/doença/cuidado?
Essa paz fere os princípios do SUS e o HumanizaSUS de que maneira?
O povo tem motivos para se rebelar contra a sociedade e o serviço de saúde?
Qual nosso papel: impedir a rebelião ou contribuir autonomia do ser?
Com tanto trabalho que a Enfermagem pode fazer, será justo com a população ficar no posto de saúde fazendo pré-consulta para o médico?

Vídeo 3: ANOTHER BRICK IN THE WALL – Trecho do filme The wall. Direção de Allan Park.

PARK, Allan. Another brick in the wall. Video. Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=M_bvT-DGcWw Acessado em: 19 ago. 2010.

Até que ponto a Enfermeira/Enfermeiro oprime os usuários com nossas regras? Até que ponto as regras dos serviços de saúde são em função do melhor funcionamento do serviço ou da melhor forma de atender as pessoas? As regras são sempre humanas? Pensamos nas normas enquanto cuidado ou enquanto (des) cuidado? Até que ponto o cuidado não é apenas “desculpa” para Enfermagem impor regas e oprimir o usuário? O cuidado pode ser fonte de opressão? Tudo que a Enfermagem faz é cuidado? Até que ponto somos os oprimidos pelo sistema de produção de saúde? Até que ponto a Enfermagem é usada para oprimir em nome do sistema de saúde? Devemos obedecer e criar regras injustas ou se rebelar? Como a participação popular pode contribuir para diminuir a opressão sobre nós e sobre os usuários?

Uma das alunas (Maria Nilza) fez as seguintes relações:

1-Qual a relação entre Tocando em frente e o Nome do cuidado?

O cuidar abrange não só práticas monotonas mas sim dar apoio psicológico. Na música Tocando em frente há uma correlação com o filme ,pois em ambos há um desabafo do que se sente, onde o ser cuidado mostra por meio do dialogo o seu sofrimento, o que está lhe encomodando e assim descarregando tudo aquilo que está preso e lhe causa doença possibilitando uma boa sensação de leveza e bem estar que foi proporcionado pelo ato de cuidar.

RESPOSTAS DOS VIDEOS

VIDEO 1

1- De inicio uma só pessoa significava o trabalho solitário em que atuava e não tinha valor satisfatório enquanto que em conjunto com outros seu resultado acaba englobando diversas atenções o que se reflete no cuidar dizendo que quando cuidamos do conjunto acabamos realizando um trabalho rico e eficiente como afirma. Waldow (2008, p. 71) Diz que "o cuidar é aproximar-se do outro Ser-é o movimento, tranformando o outro em próximo".

Os movimentos dos músculos acabam demonstrando uma sintonia que só é possivel pelo trabalho conjunto associando assim com o cuidar que engloba nao só uma parte física mas o conjunto do ser físico com parte o psiquico como afirma Boff (2008, p. 33) "Representa uma atitude de ocupação ,preocupação ,de responsabilidade e de envolvimento com o outro".

O vídeo mostra a importância do trabalho em grupo ,ressaltando que para alcançar um resultado satisfatório é preciso a união de forças diferentes como acontece na saúde que para ter grandes avanços é preciso a união de profissionais responsáveis com a profissão, a ética e com a força do estado que pode fazer muito com a promoção de saúde.




Nenhum comentário: