01 fevereiro, 2012

MAPA CONCEITUAL E CASO - PRIMEIRO PERÍODO NOTURNO

Mapa conceitual elabora na aula da professora Daniela Raguer - Primeiro Período Noturno




















ZILDA, ZEFA, PAULINHA E O MODO DE VIVER A VIDA

Zilda tem apenas 25 anos, mas aparenta ser mais velha. “Coitada! o sofrimento envelhece” : perdeu a mãe muito cedo. O pai era etilista  e pouco ou nada se importou com a menina. Casou-se aos 14 anos e em uma das secas da região , o marido, que parecia um bom homem, foi para São Paulo deixando-a com Paulinha na barriga. Nunca mais ele voltou.
 Ela só não ficou completamente abandonada porque foi amparada  por Dona Zefa, parteira que trouxe sua filha ao mundo e adotou as duas. Tinha pouco, mas o pouco dividia com elas. Zilda não se fez de vítima, todo dia trabalhava de sol a sol: plantava, carpia, lavava, faxinava na cidade. Vivia cansada, sem lazer, sem conseguir nem ao menos exercitar sua espiritualidade.  Muito trabalho, pouco dinheiro. Mesmo assim nunca descuidou de Paulinha. A menina estava sempre bem alimentada, com as roupas limpas, frequentava a escola e tinha a carteirinha de vacina  em dia, apesar da dificuldade de acesso ao serviço de saúde, que era longe e não abria todo dia.
Mainha, Paulinha tá com umas manchas branca , olha isso. Disse Zilda para Dona Zefa.
Dona Zefa olhou as manchas e disse: tenho uma pomada  de muié aqui. É bom pra essas coisa. Vamo passá.
Após duas semanas de uso as manchas sumiram totalmente . Após outras duas semanas as manchas voltaram e não sumiram mais, apesar de continuarem a usar a mesma pomada. Então Dona Zefa disse: mior levar essa minina ao serviço médico .
No dia seguinte Zilda e Paulinha caminharam até a cidade. Foram até a Unidade Básica de Saúde (UBS). Enfrentaram uma longa fila, mas, graças a Deus, conseguiram ficar com a última ficha do dia . Mesmo depois de assegurar a vaga, ainda precisaram esperar outras quatro horas até o médico chegar. Neste tempo passou por uma pré-consulta com a enfermagem .
Ao ouvir o grito: Próxima, Paulinha e Zilda caminharam até a atendente.
― Qual é o problema queridinha?
Zilda mostrou as manchas no corpo de Paulina...
― Só isso, disse a moça com desdém. Aiai: que povo ignorante! Tirando a vez de quem tá doente  de verdade . O Dr. não vai gostar nada disso, ele disse que ia atender só emergência.

Nenhum comentário: