28 outubro, 2009

UMA AULA

Na faculdade AGES trabalhomos com métodos ativos de aula. Para da uma idéia de como funcionam as aulas reproduzo abaixo uma aula dada semana passada.



Introdução ao modelo assistencial e APS – Atenção Primária a Saúde.

Dinâmica da aula:

A introdução ao assunto. MODELO ASSISTENCIAL e APS – Atenção Primária à Saúde será realizada através de:

  • Identificação de problemas de saúde.
    Para identificar estes problemas terão que utilizar o conceito de saúde do SUS e conceito de cultura.

Em seguida vem a questão:

  • A quem e qual parcela do Sistema competem resolver estes problemas.
A resposta será construída em grupos. Para responder esta questão terão que utilizar os conhecimentos sobre:

  • Estrutura do SUS;
  • Princípios do SUS;
  • Modelos Assistenciais;
  • Papel no Enfermeiro;

Os problemas serão apresentados de duas formas complementares:


1. Foto de Sebastião Salgado;






2. Música: Anjo sem asas – Expressão Ativa

ANJO SEM ASAS - Expressão Ativa (1)

Um moleque sem nome está parado em frente ao seu portãobatendo palmas, pra chamar sua atençãocom carrinho de papelão lotado de traumasele esta preste a se tornar um homem sem almae ai, vai atender ou vai fingir que não esta em casa?tem um anjo em seu portão batendo palmasum anjo sem asa pedindo algo pra comerele anda sozinho catando lata até o escurecero dia inteiro com fome, sujo, triste e cansadochegou em casa do ferro velho com apenas um cruzadoe um saquinho de um quilo de fubá nas mãoscom nove anos ele ajuda a sustentar seu irmãoscriado perto das drogas e muita violênciasua infância é questionável lixo é sua essênciatem dois caminhos pra escolher, mais ninguém quer indicarum caminho pra seguir que só o tempo mostrarao rumo o destino desse anjo molequedaria um livro como história mais rimando eu fiz um rapdramático, violento, cheio de misérias e de tristezasem nada pra comer e o que avia sobre a mesamerda de rato, marca de lesma e uma vela acesaum radio velho, com fome no inverno frio virou infernoqueimando estomago vazio,quem não viveu essa vidanão acredita porque não sentiuninguém da nada mais nele só ele acreditaque mesmo andando sujo sem nomedeve manter sua alma limpade que adianta nome limpo e uma alma podrese quem tem nome nobre não tem pena de menino pobregente esnobe ignora quem pede uma ajudanão ajuda, não estende as mãos, mais com as mãos afundachamam ele de FEBEN tratam ele como escoriassão palavras que a criança vai levar na memóriahoo!!! psiu você ouviu? tem alguém batendo palmasquem sabe seja a chance de limpar sua almaé o moleque de rua parado em frente ao seu portãopra viver ele tem alma, coração e um carrinho depapelão.'Ei criança !! me diz aonde você mora filho''Ahhh meu anjo sem asa !! sai das ruas vai pra casa'" Eu também fui criança, um anjo sem nome sem asa""nasci assim cresci assim, eu fui assim e ainda sou,um homem sem nome só alma"" Anjo nasce, cresce e perde as asas "- Bom quando eu tinha 5 anos, eu vi meu irmão cata papelãovoltar podre no fim de feira, a gente comia só fruta mano,a semana inteira!! arroz, fubá a gente só comia quando ele pedia nas casas." com feridas no pé, apanhando de um bêbado qualquervocê viu, você riu e então é assim que você é!! '' Um alguém que não tem sentimentoe nem tem coração '" que se engana, com fama com granae esquece a razão "você despreza esse molequee amanhã ele faz um rap como eu fizcomo eu quis pra tentar ser felizcantei pra não matar escrevi pra não chorarcatei papelão pra viver, pedi comida pra não roubaressa é a vida de quem vive atrás de um sonhonão é fácil ser um anjo crescendo entre demôniose a maioria é ser humano, cavando a sepulturaque não tem nada de humanoé desumano, não é humano é criaturatem que ser ligeiro meninomesmo sendo desprezadomais que não seja um viciadoou um assassino você vai vencer esses momentosvocê vai sobreviver e ainda vai dar bom exemplono meu tempo já existia mais as chances eram poucasde ver um moleque com arma na mão e um baseado na bocadevendo pras bocas infelizmente hoje é assimcrianças maltratadas vira adolescente tão ruimpor isso então não esquece nãotem um anjo em seu portão batendo palmascontinua batendo palmasvai la atender da uma atenção pra esse molequeeu fui um desses aos 9 anos e hoje em diaa maioria começa aos 7.'Ei criança !! me diz aonde você mora filho''Ahhh meu anjo sem asa !! sai das ruas vai pra casa'" Eu também fui criança, um anjo sem nome sem asa""nasci assim cresci assim, eu fui assim e ainda sou,um homem sem nome só alma"" Anjo nasce, cresce e perde as asas "parei por aqui só vou resumir que o desprezo não é ocaminhocrianças nascem, perdem as asas, andam descalçospisam nos espinhos, e você ignora um moleque na ruate pedindo pão, então você chora na mãodo pivete que embaça na suate enquadra do nada com ferro na mãoescute de atenção ou vazaanjos crescem e perdem as asasna revolta invadem as casasnaquele mesmo portão onde um dia batia palmasse a vida é um carma, talvez um dia ele voltacom uma bíblia ou com uma arma.'Sou criança !! me diz aonde você mora filho''Sou anjo sem nome sem asa !! sai das ruas vai pracasa''Sou criança !! me diz aonde você mora filho''Sou anjo sem nome sem asa !! sai das ruas vai pra casa'"nasci assim cresci assim, eu fui assim e ainda sou,um homem sem nome só alma"tem um anjo em seu portão batendo palmase ai? vai atender ou vai fingir que não esta em casa?um anjo sem asa pedindo algo pra comer.'Ei criança !!""meu anjo sem asa !!"'Ei criança !! me diz aonde você mora filho''Ahhh meu anjo sem asa !! sai das ruas vai pra casa'"nasci assim cresci assim, eu fui assim e ainda sou,um homem sem nome só alma"" Anjo nasce, cresce e perde as asas "- É a minha infância foi assim, e a infância de muitoshoje em dia também tá na mesma, crianças na ruasem educação sem alimentos, sem atenção dos paisdentro de casa, apoiando catar papelão, tentam sobreviver,e quem adota é a própria rua, o crime, o trafico, as drogas,vamos tentar mudar a historia ai, dos anjos sem asaseu também fui um.


Após a apresentação do esquema de aula os alunos realizarão as pesquisa a apresentação. Para realização desta tarefa já foram indicadas leituras prévias.

A apresentação vai acontecer a partir das 21 horas e 30 minutos e desdobrará em aula posterior.

Observação Geral:
Antes da Aula:
Enviado slide e letra da música às 12 horas.

Depois da aula:
...


Apresentação dos grupos:
...

Leitura complementar:

  1. SANTOS, Álvaro da Silva. A enfermagem na gestão em atenção primaria à saúde. Barueri: Manole, 2007. Capítulo 1.
  2. STOTZ, Eduardo; SILVA JUNIOR; Aluísio Gomes. Conselho de saúde como parte de arenas redistributivas: uma reflexão sobre a equidade. Disponível em: Acessado em: 29 jun. 2009.

Leitura para próxima aula:

  1. BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Promoção de Saúde. Ministério da Saúde, 2006.
(1) Disponível em: http://vagalume.uol.com.br/expressao-ativa/anjo-sem-asas.html.> Acessado em: 20/10/09.

Nenhum comentário: