19 setembro, 2009

PENSANDO SENTADO NA PEDRA II

Por contas de alguns acontecimentos desta semana, fiquei com uma dúvida:

Será que tudo tem realmente que estar escrito?

Ouvi dizer que nos Estados Unidos uma senhora colocou um gato no forno micro ondas e ligou. O gato morreu e o forno estourou, ou seja, estragou, destruiu, ficou imprestável. Ai a senhora entrou na justiça daquele país processando a empresa fabricante porque não estava nas instruções que não podia por o gato dentro do forno.

Diz ainda, esta noticia, que não sei se é verdadeira ou não, que a senhora ganhou a causa, pois não estava mesmo escrito no manual que não podia por o gato nele.

E porque lembrei disso?

Será que é preciso mesmo dizer que o CELULAR, que é para facilitar a comunicação entre os seres humanos, atrapalha em algumas situações?

Será que é preciso dizer todos os dias que CELULAR em sala de aula atrapalha o andamento do ensino aprendizagem? Ou que é constrangedor em cinemas, teatros, palestras e em outros ambientes?

Será que realmente é preciso estar escrito, normatizado, carimbado que não é apropriado usar CELULAR durante uma prova? Ou isso é uma questão de bom senso?

A tecnologia, que deveria contribuir com o ser humano, acaba, sem bom senso, se voltando contra todos.

Sou eu o errado em não enxergar o óbvio, ou seja, que celulares podem e devem ser usados em qualquer lugar, em qualquer situação, pois de outra forma a vida não é possível ou falta mesmo bom senso a grande parte das pessoas que usam esse aparelhos?

Nenhum comentário: