29 agosto, 2008

VACINAÇÃO CONTRA RUBÉLO

Amanhã dia 30 de agosto é dia D de vacinação contra Rubéola. É a segunda etapa da campanha Brasil Livre da Rubéola. Nossa meta é vacinar 1,6 mil pessoas em Rio Negro.
Todas as nossas campanhas são exitosas em Rio Negro, sempre conseguimos até com certa facilidade cumprir nossa meta em vacinação contra poliomielite e gripe. Agora nosso desafio é vacinar na faixa etária entre 20 e 39 anos de idade, ou seja, é uma população que sempre ficou a margem de todas as campanhas.
O desafio é maior ainda quando pensamos que temos que vacinar homens. Tradicionalmente os homens não gostam de participar de atividades preventivas ou frequentar o serviço de saúde.
Para realizar a etapa municipal da campanha Brasil Livre de Rubéola o geverno federa, além de disponibilizar as vacinar, treinamento, material de publicidade, ainda envio 2 mil reais em recursos financeiros para o município.
A preocupação do Ministério da Saúde é muito grande. Inclusive na quinta-feira, dia 28 de agosto recebemos a visita da representante do Ministério da Saúde e da OPAS - Organização Panamericana de Saúde e da representante da Secretaria Estadual de Saúde do Mato Grosso do Sul. Segundo elas os nosso plano de vacinação é muito bom e tem atingido a meta até o momento, mas que não é precisa intensificar os esforço, pois agora é a parte mais difícil.
Mas nem tudo são flores neste trabalho:
Uma grande dificuldade foi receber os recursos financeiros. Apenas hoje, dia 29, ou seja, mais de um mês após o inicio da campanha recebemos a confirmação do dinheiro, o que dificulta muita coisa.
O material de publicidade, como folders, cartazes e panfletos só chegaram hoje, dia 29, após as 8 da manhã. Isso causa muitas dificuldades para atingir as metas, pois não tivemos material para informar a população sobre o dia D de vacinação.
Para tentar dribrar essas dificuldade vamos utilizar 3 grupos de trabalho no sábado:
1. Centro de Saúde
2. Ambulante: para vacinar nos supermercados e comércio em geral
3. Festa durante a noite.
Isso quer dizer que nossa rotina de trabalho começa as 7 da manhã e vai até mais de meia noite.
Muita gente que nos vê na rua fazendo este trabalho incansável pergunta porque fazemos isso, porque trabalhamos depois da hora e nos locais onde as pessoas estão se divertindo. Alguns chegam a debochar dos servidores da ESF Urbana por tanta dedicação, uma vez que, segundo o imaginário popular, servidor público não trabalha ou trabalha muito pouco.
A verdade é que nossa equipe tem um compromisso com o cidadão, com Rio Negro e o Brasil. Conhecemos nosso trabalho e procuramos executá-lo da melhor maneira possível.
A missão da Estratégia Saúde da Família equpe urbana de Rio Negro é prevenir doenças e promover saúde e isso não se faz apenas em horário comercial, mas sobretudo fora dele. Também não se faz isso só dentro do centro de Saúde. A equipe sabe disso e dedica-se para que em Rio Negro o cidadão Usuário do SUS tenha o melhor que se pode oferecer.

Nenhum comentário: