26 abril, 2008

ALGUMAS PERGUNTAS SOBRE VACINA CONTRA GRIPE

Há sempre uma grande dificuldade em conseguir atingir a meta de vacinação contra gripe na população acima de 60 anos. é muito difícil convencê-los que a vacina não é para fazer-lhes mau, mas para dar maior e melhor expectativa de vida.
Um senhor contra argumento com a seguinte frase: eu já tenho 80 anos, como eu consegui viver atá agora sem a vacina?
Difícil explicar, não é verdade?
Por outro lado os idosos sempre acabam deixando para depois do depois para vir receber a vacina. Ano passado, por exemplo, 30 dias após o termino da campanha, que já é bem longa, ainda haviam pessoas procurando a vacina. Será que não ficam sabendo dos prazos?
Numa cidade de 5 mil habitantes parece impossível acreditar que as pessoas não ficam sabendo da campanha. A TV enfatiza, há avisos no rádio, cartazes, panfletos, ACS de casa em casa, carro de som e o boca-a-boca...mas ele não vêem.
Especificamente hoje, 26 de abril de 2008, 15 horas e 30 minutos, ainda não vacinamos 70 pessoas ao todo. E sabemos que tem ainda mais de 300 pessoas sem vacina.
Isso dá uma insegurança danada. Será que estamos fazendo tudo que podemos para atingir os idosos? Fomos de fazendo em fazenda, chácaras, sítios, lar dos idosos, acamados e mesmo assim a dificuldade em muito grande. Estamos já com duas semanas corridas de campanha e pouco mais de 300 pessoas foram vacinadas.
Ano passado apenas no ultimo dia conseguimos atingir a meta do Ministério da Saúde. Diga-se a titulo de comparação que a meta de vacinação contra poliomielite sempre atingimos no dia D e com relativa facilidade, e olha que temos menos crianças que idoso neste exato momento.
Então: o que estamos fazendo de errado? O que mais podemos fazer?

Nenhum comentário: