10 setembro, 2007

Saneamento Básico - o filme

A discussão proposta por este filme, de forma leve e engraçada, mas sem deixar de ser séria, é o debate em torno dos investimentos governamentais.

A ideia é muito simples e até por isso genial. Em uma pequena cidade do Rio Grande do Sul um grupo de moradores reúnem a comunidade para reenvindicar saneamento básico. Na prefeitura descobrem que não há verbas para sanear, mas tem verba para realização de um filme.

A intenção do grupo é pegar o dinheiro e utilizar na construção da fossa, mas para pegar o dinheiro precisam fazer um filme de ficção.

Ao longo do filme debate-se a forma de escrever um roteiro, transformar-lo em imagens, patrocínio cultural, figurinos, edição e outras técnicas necessária na realizar um filme.

Ao passo que o grupo vai debatendo tudo isso descobre a magia de fazer cinema e ganha importância a realização do filme, tanta quanto a realização do saneamento.

E é ai que mora a grande discussão do filme.

Sanear, investir em Educação e Saúde é extremamente importante, pois é investir no ser humano. E cultura? Pode negligenciar a cultura de um povo? Um povo sem reconhecer-se culturalmente pode ter saúde?

O cinema norte americano tem invadido e destruído o cinema ao redor do mundo. A produção nacional vem buscando sobreviver, mas não é fácil. O cinema é onde as pessoas se reconhecem, entram em contato com sua identidadescultural. Com alto estima é mais fácil tratar as enfermidades. Um povo sem cultura, sem reconhecer-se não se importa consigo mesmo, portanto não pode ter saúde. Neste sentido é que podemos afirmar que fazer cinema é tão importante quanto realizar saneamento básico. Não só fazer cinema, mas todas a formas de arte e cultura: literatura, música, pintura, fotografia, artesanato.

Em um trecho do filme, Fernanda Torres, atriz principal de Saneamento Básico, diz, sobre o filme que estão fazendo: "este filme serve de alerta para importância de preservar a natureza". Mas a fala bem poderia ser traduzida para: "este filme serve de alerta para importância de preservar o cinema brasileiro."

Vamos sanear, vamos investir em cultura.

Cultura faz parte dos debates do Programa Saúde Comunitária desde dia 12 de Setembro. Para ouvir o Programa na internet entre em:

http://www.podcast1.com.br/canal.php?codigo_canal=1292

Nenhum comentário: