12 agosto, 2007

FAZENDO TURISMO E EDUCAÇÃO CONTINUADA

Em nossa cidade há um grande número de ambientes e paisagens com potencial desistressantes. Infelizmente esse potencial recuperador e de beleza incondicional é pouco explorado pela população local. As pessoas, e isso em toda parte, não estão acostumada a valorizar os recursos que têm na mão. Dizem que "santo de casa no faz milagres", que a "grama do vizinho é sempre mais verde". Mas será que isso é verdade?
Rio Negro oferece recurso materiais e humanos pouco aproveitados, mas um dia, talvez quando for tarde demais, ainda vão se dar conta do quanto temos aqui.
É uma tendência forte o corte de árvores. Estão desmatando tudo que é possível e em nome de que? Esse desmatamente tem gerado alguma riqueza para o município ou para os donos destas terras? Os rios, por conta deste desmatamento irracional, estão assoreando rapidamente. A continuar neste ritmo logo não teremos mais balneários ou água para os animais ou mesmo para nosso uso. E daí como vamos viver? como vai viver a cidade?
Se hoje os recursos financeiros são pequenos, imagine sem as água, sem os rios? Será possível viver aqui?
Mesmo as árvores frutíferas estão sendo cortadas. As alegações são que estragam os telhados, sujam os quintais. Mas as frutas que temos no quintal têm o potencial de nos fornecer alimentos. Será que vamos chegar ao dia em que só poderemos chupar uma manga se comprar no supermercado? Isso contribui em que para nosso desenvolvimento?
Sem as árvores ainda há o grande problema do aquecimento. Hoje enfrentamos 35, 40 graus no verão, sem as árvores, sem os rios conseguiremos aguentar temperaturas ainda maiores?



ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

Pensando na questão da alimentação e nutrição saudável e na grande importância que desempenham em nossas vida e na questão da saúde da população, nesta sexta-feira, dia 10 de agosto, reunimos os servidores do PSF e realizamos um treinamento sobre o tema. O inusitado foi que aconteceu no Balneário da Neide.
A intenções com esse inusitado local para o treinamento do PSF foram:
1. Demonstrar e valorizar o potencial ambiental e turístico de Rio Negro;
2. Realizar, junto ao treinamento técnico, confraternização com a equipe.
As confraternizações, festas, reuniões e convívio descontraídos, de preferência fora do ambiente de trabalho, favorece a uniões das pessoas. Essa convivência expões lados mais humanos e ternos dos servidores, criando novos vínculos, tornando-os mais próximos. Desta forma desistressa os servidores do trabalhos cotidiano e repetitivo. Servidores mais satisfeitos consigo mesmos, com os colegas e seu trabalho, vão desempenhar melhor suas funções. Isso favorece uma atenção qualificada ao Usuário, desta forma todos sairão satisfeitos.

METODOLOGIA DO TRABALHO

Nossa intenção principal, com esse treinamento, era demonstrar para equipe o potencial dos alimentos que temos em nossos quintais. Por isso foram orientados a levar alimentos que tinham em casa.

ALIMENTOS ARRECADADOS

Melancia
Cana de Açúcar
Mamão
Pocã
Limão
Laranja
Coco Verde
Polpa de Tamarindo
Pão
Queijo
Bolo de Cenoura
Gelatina

foi montado uma mesa com todos os alimentos, conversado sobre eles e orientados a conversar com os Usuários sobre esse potencial que têm em cada quintal.
Para encerrar o dia tomamos um banho nas água do Rio Negro.
Quero aqui deixar nosso agradecimento à Secretaria de Assistência Social que nos transportou até o balneário e também a Neide, que nos emprestou o local, as cadeiras e mesas.

Nenhum comentário: